Solarbios Energia Solar Fotovoltaica | Conta de luz deve subir com a alta de 50% nas bandeiras tarifárias
Solarbios Energia Solar empresa de Passo Fundo RS, é representante comercial Engie. Oferecemos os projetos e soluções da Engie, a maior operadora e geradora de energia privada do Brasil
energia solar passo fundo, energia solar rs, painel solar passo fundo, painel solar rs, empresa energia solar rs, energia solar rio grande do sul, placa solar passo fundo, placa solar rs, representante engie, solarbios, representante comercial engie, engie solar, energia solar orçamento, energia solar instalacao, energia solar preco, energia solar custo, energia solar financiamento, vantagens da energia solar, noticias energia solar, blog solar
37689
single,single-post,postid-37689,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,wpb-js-composer js-comp-ver-4.1.2,vc_responsive

Conta de luz deve subir com a alta de 50% nas bandeiras tarifárias

Conta de luz deve subir com a alta de 50% nas bandeiras tarifárias

11:39 24 maio in Energia Solar
0 Comments

linha graficoANEEL atualiza metodologia de acionamento das bandeiras tarifárias

Resolução estabelece as faixas de acionamento e os adicionais das bandeiras tarifárias

A ANEEL aprovou hoje (21/5) resolução que estabelece as faixas de acionamento e os adicionais das bandeiras tarifárias com vigência em 2019. Foi incorporado um avanço metodológico para a regra de acionamento que atualiza o perfil do risco hidrológico (GSF*), o qual passa a refletir exclusivamente a distribuição uniforme da energia contratada nos meses do ano (“sazonalização flat”). O efeito do GSF a ser percebido pelos consumidores retratará com maior precisão a produção da energia hidrelétrica e a conjuntura energética do sistema.

A proposta aprovada altera o valor das bandeiras tarifárias a partir de 1º de junho. A bandeira amarela passa a R$ 1,50 a cada 100 kWh, já a bandeira vermelha no patamar 1 custará R$ 4,00 a cada 100 kWh, e no patamar 2, R$ 6,00 a cada 100 kWh. A alteração foi especialmente motivada pelo déficit hídrico do ano passado, que reposicionou a escala de valores das bandeiras.

O tema passou por audiência pública que recebeu 56 contribuições das quais 36% foram acatadas integralmente e 2% parcialmente.

Criado pela ANEEL, o sistema de bandeiras tarifárias sinaliza o custo real da energia gerada, possibilitando aos consumidores o bom uso da energia elétrica. Além disso, esse custo é pago de imediato nas faturas de energia, o que desonera o consumidor do pagamento de juros da taxa Selic sobre o custo da energia nos processos tarifários de reajuste e revisão tarifária.

http://www.aneel.gov.br/sala-de-imprensa-exibicao/-/asset_publisher/XGPXSqdMFHrE/content/aneel-atualiza-metodologia-de-acionamento-das-bandeiras-tarifarias/656877?inheritRedirect=false&redirect=http%3A%2F%2Fwww.aneel.gov.br%2Fsala-de-imprensa-exibicao%3Fp_p_id%3D101_INSTANCE_XGPXSqdMFHrE%26p_p_lifecycle%3D0%26p_p_state%3Dnormal%26p_p_mode%3Dview%26p_p_col_id%3Dcolumn-2%26p_p_col_count%3D3